Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. PROSAB
fechar

Apoio e Financiamento

O  Programa de Pesquisas em Saneamento Básico - PROSAB - tem por objetivo apoiar o desenvolvimento de pesquisas e o aperfeiçoamento de tecnologias nas áreas de águas de abastecimento, águas residuárias e resíduos sólidos que sejam de fácil aplicabilidade, baixo custo de implantação, operação e manutenção e que resultem na melhoria das condições de vida da população brasileira, especialmente as menos favorecidas.

As chamadas p úblicas MCT/MCIDADES/Finep/Ação Transversal - Saneamento Ambiental e Habitação - 7/2009 e 06/2010, lançadas pela Finep, dão continuidade às ações do Programa de Pesquisa em Saneamento Básico (PROSAB) e do Programa de Tecnologia de Habitação (HABITARE).

O resultado destas duas Chamadas Públicas (7/2009 e 06/2010), no que se refere à área de Saneamento Ambiental, foi a formação de nove redes cooperativas de pesquisa e respectivos projetos nos seguintes temas prioritários:

  • desenvolvimento de sistemas de tratamento de águas de abastecimento para consumo humano utilizando técnicas avançadas (membranas ou carvão ativado) acopladas ou não a tecnologias convencionais, com vistas à remoção de micropoluentes e microcontaminantes para o atendimento às normas de potabilidade.
  • desenvolvimento e aperfeiçoamento de tecnologias de tratamento terciário de esgoto sanitário, visando conjuntamente à remoção e à recuperação de nutrientes.
  • desenvolvimento e aperfeiçoamento de tecnologias para o tratamento de lixiviado proveniente de aterros sanitários, utilizando reatores com capacidade mínima de 1m3.
  • desenvolvimento de soluções urbanísticas e ambientalmente adequadas de manejo de águas pluviais, visando à redução do impacto sobre o hidrograma de enchente, com especial atenção para a qualidade da água, o controle de vetores e a gestão de resíduos sólidos, em bacias experimentais urbanas.
  • desenvolvimento de tecnologias de gerenciamento e controle de perdas que otimizem o consumo de água e de energia elétrica nos sistemas urbanos de abastecimento de água.
  • aperfeiçoamento e desenvolvimento de processos de tratamento do lodo de fossas sépticas, isoladamente ou em conjunto com esgoto sanitário ou ainda em codisposição com resíduos sólidos, incluindo a redução de volume.
  • desenvolvimento de sistemas locais e descentralizados de esgotamento sanitário, com vistas ao tratamento de esgotos domésticos próximo das fontes geradoras, em especial de empreendimentos habitacionais de interesse social.
  • desenvolvimento de metodologias sustentáveis de gestão de resíduos sólidos em ambientes urbanos, com proposição de soluções tecnológicas para redução na fonte e valorização dos resíduos, educação ambiental e capacitação de mão-de-obra.
  • desenvolvimento de soluções tecnológicas a partir do biogás produzido em sistemas de tratamento de esgotos e aterros sanitários que viabilizem a geração distribuída de energia, atendendo aos requisitos exigidos pelas concessionárias de distribuição de energia elétrica.

O valor total do financiamento aprovado é de R$ 42.691.185,31, sendo R$ 31.552.580,88 destinados aos projetos e R$ 11.138.604,43 para bolsas do CNPq.

Tratam-se de 51 subprojetos executados por 94 grupos de pesquisa de diversas instituições científicas e tecnológicas do país.

 

Rio de Janeiro

Sede:
Av. República do Chile, 330, Torre Oeste - Centro
10º, 11º, 12º, 15º, 16º e 17º andares
CEP: 20031-170 - Rio de Janeiro - RJ

Unidade Flamengo:
Praia do Flamengo 200, 3º andar
CEP: 22210-065  - Rio de Janeiro - RJ.

São Paulo

Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 510 - 9º andar - Itaim Bibi
CEP: 04543-000  - São Paulo - SP

Brasília

SHIS QI 1 - Conjunto B - Bloco D - 1º Subsolo.
Ed. Santos Dumont - Lago Sul
CEP: 71605-190 - Brasília - DF

Fortaleza 

Av. Dom Luis, 807-20º e 21º pavimento
Meireles, CEP 60160-230 - Fortaleza - CE