Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Finep Inovacred 4.0
fechar

Apoio e Financiamento

Tem como objetivo apoiar a formulação e implementação de soluções de digitalização que abarquem a utilização, em linhas de produção, de serviços de implantação de tecnologias habilitadoras da Indústria 4.0.

As chamadas tecnologias habilitadoras envolvem um amplo conjunto de máquinas, equipamentos, dispositivos e softwares integrados. As tecnologias habilitadoras apoiadas no âmbito do Finep Inovacred 4.0 estão alinhadas nos seguintes temas: Internet das coisas; Computação na nuvem; Big Data; Segurança digital; Manufatura aditiva; Manufatura digital; Integração de sistemas; Digitalização; Sistema de simulação; Robótica avançada; e Inteligência artificial.

Público-alvo

O público alvo são empresas brasileiras com receita operacional bruta anual ou anualizada de até R$ 300 milhões com atividades econômicas nos setores da Indústria da Transformação e da Agricultura.

Quando a empresa for controlada por outra ou pertencer a um grupo econômico, a classificação de porte considerará a receita consolidada do grupo econômico.

Modelo de Operação

O Finep Inovacred 4.0 é realizado com financiamento reembolsável, operado por agentes financeiros credenciados, utilizando recursos do FNDCT (Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

Para submissão de proposta de financiamento, a empresa produtiva deverá ter solução de digitalização desenvolvido por integradora credenciada pela Finep.

Integradoras são aquelas que prestam serviços de adaptação, customização e desenvolvimento de softwares, automação de processos de produção e gestão da atividade industrial e implementação de equipamentos como robôs, de modo a integrar processos de empresas produtivas.

Acesse as relações de integradoras credenciadas e de serviços credenciados pela Finep.

A operação apresenta o seguinte fluxo:

Fluxo Operacional

Os projetos submetidos serão avaliados pelo agente financeiro credenciado na região de atuação da empresa e, se aprovados, enquadrados conforme classificação de porte econômico:

Porte I – Microempresas e Empresas de Pequeno Porte: Receita operacional bruta anual ou anualizada inferior a R$ 4,8 milhões.

Porte II – Pequenas Empresas: Receita operacional bruta anual ou anualizada igual ou superior a R$ 4,8 milhões e inferior ou igual a R$ 16 milhões

Porte III – Médias Empresas: Receita operacional bruta anual ou anualizada superior a R$ 16 milhões e igual ou inferior a R$ 90 milhões.

Porte IV – Média-Grandes Empresas: Receita operacional bruta anual ou anualizada superior a R$ 90 milhões e igual ou inferior a R$ 300 milhões.

As condições de financiamento (taxas, prazos de carência e total e percentuais de financiamento) estão apresentadas no anexo das condições operacionais da Finep.  

Mais detalhes nas condições operacionais da Finep.

Exigências e Restrições

Itens financiáveis: São apoiadas despesas em equipamentos e softwares nacionais e importados, serviços prestados pela integradora e encargos associados ao acesso a fundo garantidor de crédito.

Prazo de reconhecimento de despesas: Podem aceitas despesas ocorridas nos seis meses antecedentes (no caso de proponentes classificadas nos Portes II, III e IV) ou doze meses antecedentes (no caso de proponentes classificadas no Porte I) da data de submissão da proposta, para fins de contrapartida.

Controle do capital das empresas apoiadas: São apoiadas propostas desenvolvidas integralmente por empresas instaladas no território nacional. Em caso de associação com empresa cujo controle de capital seja estrangeiro, deverão ser comprovadas as condições para que ocorram efetivamente a transferência e a absorção da tecnologia pela empresa proponente. Empresas cuja maioria de capital, com direito a voto, seja pertencente a pessoas não residentes no país e excluídas das atividades econômicas atinentes aos setores enumerados pelo Decreto n° 2.233, de 23 de maio de 1997, – e suas alterações – não poderão realizar novas inversões em seu ativo fixo.

Como apresentar sua proposta 

Entre em contato com um dos agentes financeiros credenciados para mais detalhes.

Credenciamento de Integradoras

A Finep está credenciando integradoras e os seus serviços de implantação de soluções de digitalização de acordo com os seguintes critérios:

  • Porte da integradora;
  • Comprovação de capacidade e qualidade técnica e gerencial na implantação de soluções de digitalização;
  • Recomendação de fornecedores de programas e equipamentos ligados às tecnologias habilitadoras.

Os financiamentos são fornecidos pelos agentes financeiros da Finep, que verifica se o cliente tem contrato com alguma integradora credenciada na Finep e se o serviço segue as regras estabelecidas nesse credenciamento.

Acesse o regulamento de credenciamento das empresas integradoras do Finep Inovacred 4.0.

Acesse o cadastro de credenciamento de integradoras.

Acesse o guia para uso da plataforma de credenciamento de integradoras do Finep Inovacred 4.0.

Credenciamento de Agentes Financeiros

Agentes Financeiros interessados em operar o Finep Inovacred 4.0 devem clicar aqui para mais detalhes a respeito do processo de credenciamento.