Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Representantes da Finep palestram na Rio Innovation Week
fechar
Compartilhar

 riwsite(Da esq. p/ a dir.) Newton Hamatsu, Mariana Taragano e Adriana Haguenauer,
palestrantes da Finep na Rio Innovation Week

No segundo dia da Rio Innovation Week, 9/11, representantes da Finep apresentaram as principais linhas e programas de fomento da Financiadora a projetos de ciência, tecnologia e inovação.

Adriana Haguenauer, gerente do Departamento de Desenvolvimento Tecnológico e Subvenção Descentralizada, mostrou toda a gama de instrumentos que a Finep oferece ao empreendedorismo inovador, desde o Centelha, até o financiamento reembolsável direto, dependendo do tamanho e da natureza do negócio. "Somos a instituição que mais tem instrumentos para apoiar a C,T&I no Brasil", resumiu. Adriana também relembrou o lançamento do Tecnova 3, ocorrido na terça-feira, (8/11), também da Rio Innovation Week.

Em sua fala, Mariana Taragano, gerente do Departamento de Empreendedorismo Investimentos e Startups, detalhou as condições de operação do Finep Startup, programa que passou a operar em fluxo contínuo em 2022. Mariana pontou alguns dos diferenciais que uma empresa precisa ter para concorrer ao Finep Startup: "Não basta apresentar um projeto de algum produto que já exista no exterior e querer lançar apenas uma versão dele no Brasil, em português, por exemplo; tem que haver um diferencial real, seja uma inovação em processo ou no modelo de negócio".

Já Newton Hamatsu, superintendente da Área de Inovação 1, focou no Inovacred em sua apresentação. O programa opera no Brasil todo por meio de agentes descentralizados credenciados, para crédito a micro, pequenas e médias empresas. "Os dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) mostram que os juros do crédito do Inovacred são substancialmente mais baixos do que a baixa praticada no Brasil", afirmou.

Veja também a matéria do primeiro dia da Rio Innovation Week, em 8/11.