Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Programa Finep/MCTI Mulheres Inovadoras inicia fase de Aceleração
fechar
Compartilhar

 Mulheres Inovadoras Aceleração

Elas são 30 empresas lideradas por mulheres, vindas das cinco regiões do País. Suas empreendedoras fundaram startups com uma mistura de competência e coragem que as qualificou para serem selecionadas no Edital que Finep e MCTI criaram para alavancar suas ideias de vanguarda, o Mulheres Inovadoras. O programa, que em sua segunda edição em 2020 recebeu um total recorde de 315 inscrições, entra agora em sua fase de Aceleração — período destinado a preparar as empresas de forma rápida e eficaz para que estejam prontas para se apresentarem no mercado. A agenda de atividades, que inclui mentorias e palestras, culminará com a elaboração, pelas empresas selecionadas, de uma apresentação de seus negócios a uma banca avaliadora. As 10 melhores eleitas pelo júri, duas de cada região do país, serão as vencedoras do Prêmio Mulheres Inovadoras - Edição 2021 e receberão cada, premiação em dinheiro no valor de R$ 100 mil.

O evento online de abertura da fase Aceleração contou com a presença dos parceiros da iniciativa — Founder Institute, Jupter, Oria Capital e Rme - Rede Mulher Empreendedora —, que atuam também como mentores nesta edição. O representante do MCTI, Leonardo Freitas, que junto com a equipe Finep elaborou o Mulheres Inovadoras, registrou sua satisfação com o resultado da parceria que, em suas palavras ‘fez a ideia crescer e virar realidade’ e se declarou ansioso com a nova fase. “A experiência será muito intensa tanto para vocês quanto para nós. Na edição passada, vimos algumas entrarem como cientistas no programa e saírem empresárias com grande potencial de sucesso. Estou certo de que, nessa edição, se dará o mesmo”, destacou.

A fase de Aceleração acontece de 1º de junho a 9 de julho. Sua agenda de atividades semanais inclui duas palestras gerais, para o conjunto das startups selecionadas, e uma reunião de mentoria individual para cada empresa, de aproximadamente duas horas de duração, a ser agendada entre empresas e mentores. Além disso, serão disponibilizados contatos de e-mail e Whatsapp, para esclarecimento de dúvidas, diretamente com os mentores.

                Conhecendo o cliente: uma jornada de sucesso; Análise de Mercado e da concorrência; Assessoria de Imprensa transforma marcas em valor e Gestão financeira para startups são alguns dos temas das palestras previstas.

Após concluída a fase Aceleração, as empresas terão até 21 de julho de 2021 para entregarem sua apresentações à coordenação do programa na Finep. De 9 a 13 de agosto, então, farão seu relato à banca de examinadores.

O assessor da Diretoria da Finep, Eduardo Lopes, substituindo o diretor Financeiro, de Crédito e Captação, Adriano Lattarulo, encerrou o evento agradecendo à equipe do DEIS, a Leonardo Freitas e aos parceiros pela realização e ressaltou a importância da iniciativa. “É realmente revigorante conhecer vocês, 30 startups das cinco regiões do país, de vários setores como Biotecnologia, Inteligência Artificial, Saúde. Desejo sucesso nas próximas semanas”.

O Mulheres Inovadoras foi criado pela Finep e MCTI para estimular startups lideradas por mulheres de forma a contribuir para o aumento da representatividade feminina no empreendedorismo nacional, por meio da capacitação e do reconhecimento. Mas como sintetizou o analista do DEIS – Departamento de Empreendedorismo e Investimento em Startups pela Finep, André Calazans, embora todas desejem a vitória final, o processo de aceleração e a formação de redes entre as participantes é o mais importante.

“Já tivemos empreendedoras que se tornaram palestrantes, empresas de um mesmo setor que se uniram para alavancar seus negócios. A competitividade é importante, mas a formação de uma rede, a solidariedade é a força conjunta das mulheres”, conclui. E em tempos de sororidade, esse parece ser o grande recado.

As 30 empresas selecionadas podem ser conhecidas aqui.