Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Marcos Cintra: A Finep e o BNDES são indispensáveis para o país
fechar
Compartilhar

 valor
Com chamada de capa, o jornal Valor Econômico publicou, em 13/2, artigo de Marcos Cintra, presidente da Finep, em que ele comenta a opinião do economista Nilson Teixeira, que defende a absorção da agência pelo BNDES. Para Cintra, a proposta pretende eliminar a possibilidade de sobreposição dos apoios concedidos pelo Estado. Cintra explica que o BNDES prioriza o financiamento público para a reprodução do capital. Já a Finep se notabiliza por financiar investimentos em novas áreas de conhecimento, novos mercados, novas tecnologias. 

Cintra afirma que a Finep se especializou no fomento a tecnologias e indústrias, a ponto de harmonizar os interesses da academia e da indústria, "algo que é crítico para estimular o fortalecimento do Sistema Nacional de Inovação e de difícil transferência para outra instituição". Para ele, a eliminação de eventuais "redundâncias" no esforço público, provocaria retrocessos graves à ciência, tecnologia & inovação no Brasil". O presidente defende, ainda, que não há outra instituição no Estado brasileiro que exerça as atividades de financiamento à ciência, tecnologia & inovação como a Finep. "Se houver movimento no Governo para uma racionalização das funções, é mais adequado considerar a transferência da carteira de projetos de inovação do BNDES para a Finep, e não o contrário", opina.




 

Sede:
Av. República do Chile, 330, Torre Oeste - Centro
10º, 11º, 12º, 15º, 16º e 17º andares
CEP: 20031-170 - Rio de Janeiro - RJ.

 

Unidade Flamengo:
Praia do Flamengo 200, 3º andar
CEP: 22210-065  - Rio de Janeiro - RJ.


Telefone (21) 2555-0330

 

Outros endereços e telefones da Finep.