Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Finep/MCTI e Sebrae formam parceria inédita para criar Fundo Garantidor à Inovação de pequenos negócios brasileiros
fechar
Compartilhar

assinaturaFAMPE

Da esquerda para a direita, diretor André Godoy da Finep, presidente da Anprotec,
Francisco Saboya, presidente do Sebrae, Carlos Meles, Ministro Paulo Alvim, ao centro, presidente Waldemar Barroso,
diretor financeiro da Finep, Adriano Lattarulo e Paulo Cabral, gerente de Inovação Sebrae

 

A Finep/MCTI e o Sebrae acabam de lançar o primeiro Fundo Garantidor, focado em Inovação do Brasil, o FAMPE Inovacred. Construído para garantir os financiamentos descentralizados da Finep/MCTI, o fundo tem patrimônio inicial de R$ 160 milhões, sendo R$ 80 milhões da Finep/MCTI e R$ 80 milhões do Sebrae.

O anúncio foi feito na abertura da 32ª Conferência da Anprotec de Empreendedorismo e Ambientes de Inovação, no dia 5 de dezembro, no Centro de Convenções Salvador – Bahia.

O FAMPE (Fundo de Aval à Micro e Pequena Empresa) Inovacred vai operar de forma descentralizada através de agentes financeiros e tem o potencial de mudar a realidade dos pequenos negócios inovadores do Brasil. Como explica o Superintendente da Área de Crédito da Finep, Miguel Haum, levantamentos realizados pela Finep/MCTI em parceria com o Sebrae apontaram que mais de 60 mil pequenos negócios, no País, buscam inovar em produtos e processos mas têm grande dificuldade no acesso a crédito, principalmente pela exigência da apresentação de garantias, pelos altos custos cobrados pelo mercado e pela própria falta de conhecimento dos mecanismos disponíveis existentes.

Pensando nisso, Finep/MCTI e Sebrae uniram forças para possibilitar que milhares de pequenos negócios inovadores tenham acesso a recursos com taxas de juros baixas e prazos de pagamento mais longos, de modo a impulsionar a Inovação no Brasil.

O grande diferencial do FAMPE/Inovacred é permitir a esses pequenos empreendedores contornarem um de seus principais desafios – a apresentação de garantias de crédito.  Por meio do Fundo, os interessados poderão adquirir a garantia de que necessitam dos agentes financeiros Finep a um custo máximo de concessão de 5% da operação. Em contrapartida, o Fundo cobrirá até 10% da inadimplência das operações (o chamado stop-loss). Serão apoiadas empresas com faturamento de até R$ 4,8 milhões, em projetos de até R$ 1,5 milhão. As operações poderão ter prazo de até 10 anos

Todas as empresas apoiadas pelo Fundo também poderão ser atendidas pelo Programa de Crédito assistido do Sebrae.

O presidente da Finep, Waldemar Barroso celebrou o lançamento, agradecendo à equipe da Financiadora, que qualificou como competente e comprometida com sua missão institucional, pela criação do Fundo. “O ministro nos entregou esse desafio e hoje estamos entregando aqui um produto para a sociedade. É a nossa contribuição para melhorarmos os índices  de Inovação e Conhecimento do País e a vida dos brasileiros”, sintetizou.

Carlos Melles, presidente do Sebrae Nacional, comparou a atuação da Finep e do Sebrae no apoio à Inovação para pequenos empreendedores ao dever dos pais de provocar a disruptura para preparar os filhos para o mundo. “Esse convênio que firmamos com a Finep é uma inovação corajosa, auspiciosa, nós estamos buscando as condições para vocês alçarem voo. O que o brasileiro tem de melhor é o sonho do empreendedorismo. Nós estamos dizendo que acreditamos no sonho, acreditamos em vocês, acreditamos na Inovação”, concluiu.

 

fundogarantidorDiretor Otavio Burgardt, ministro Paulo Alvim, diretor Adriano Lattarullo e superintendente Miguel Elian

 

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Alvim, fez um agradecimento especial aos dois parceiros que assinaram o acordo, Finep e Sebrae, que definiu como ‘instituições que sempre estiveram ao lado daqueles atores que realizam nos ambientes de Inovação.’  Para o ministro, o Fundo tem potencial de mudar o patamar de financiamento à Inovação no Brasil por garantir, efetivamente, o acesso ao crédito a essas pequenas empresas.  Ele encerrou o lançamento conclamando incubadoras e parques tecnológicos a conhecerem melhor o funcionamento do FAMPE/Inovacred e aproveitarem seus recursos.

Presentes à cerimônia ainda, o presidente da Anprotec, Francisco Saboya, que presidiu a cerimônia, o Secretário de C&T da Bahia, André Juazeiro, o Diretor Financeiro, de Crédito e Inovação da Finep, Adriano Lattarulo, o Diretor de Inovação, Otávio Augusto Burgardt, o Diretor de Administração, André Godoy, entre  outras autoridades.

A Conferência é o principal evento do País dedicado às incubadoras, aceleradoras, parques tecnológicos e hubs de Inovação, uma realização da Anprotec – Associação Nacional de Entidaddes e do Sebrae – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas empresas.