Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Soluções inovadoras para redes 5G serão o foco de projetos da Finep e da Padtec contemplados pelo apoio do Funttel
fechar
Compartilhar

 

Finep e a Padtec celebraram, no último dia 16/03, a assinatura de contratos de financiamento com recursos do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações

 assinaturanakamuraburgardtRoberto Nakamura - CTO - Padtec S/A e Otavio Burgardt, diretor de Inovação da Finep, assinam contratos

 

A Finep e a Padtec, uma das líderes mundiais em sistemas de comunicações ópticas, estão anunciando a assinatura de três contratos de financiamento com recursos do Fundo de Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funttel) do Ministério das Comunicações, visando o desenvolvimento de soluções para redes 5G.

O primeiro projeto prevê o desenvolvimento de novos produtos e implementação de novas funcionalidades em equipamentos do portfólio da Padtec para lançar uma solução de equipamentos de comunicações ópticas aderentes ao backhaul de redes 5G. Esses novos produtos também buscarão certificações aceitas em regiões como América do Norte e Europa. O acordo faz parte da estratégia da Padtec para os próximos anos, que tem como foco o ingresso no mercado de comunicações móveis 5G e o fortalecimento de sua posição como exportadora de produtos de telecomunicações também para mercados fora da América do Sul.

Essa operação é o primeiro contrato firmado do programa Finep 5G, destinado a apoiar projetos de desenvolvimento de soluções tecnológicas voltadas para infraestrutura de rede 5G; de produtos e serviços que serão viabilizados pelo 5G; e também a implantação de empreendimentos vencedores da licitação do 5G, desde que com a utilização de tecnologias nacionais.

O segundo projeto tem o objetivo de desenvolver soluções de segurança cibernética e incorporá-las em produtos de telecomunicações do portfólio atual da empresa. Dessa forma, a Padtec atenderá os novos requisitos relativos à utilização de métodos avançados de criptografia, garantia de integridade de software, capacidade de mitigação de ataques, adoção de senhas seguras, entre outros. A adoção de produtos seguros pelas operadoras é um dos pontos requisitados pelas agências reguladoras para garantir a segurança dos dados, além de estar alinhado às boas práticas do mercado brasileiro e internacional.

 

assinaturanakamuraburgardt1Newton Hamatsu, superintendente da Finep, Renato Jordão da Silva - CFO Padtec S/A, Roberto Nakamura e Otavio Burgardt

 

O terceiro projeto contempla o desenvolvimento de novas ferramentas para o sistema de gerência da plataforma DWDM (Dense Wavelength Division Multiplexing) da Padtec divididas em cinco módulos: Service Control & Automation; Operation; Infrastructure; Planning; e Analytics. Conforme dados da empresa, para se posicionar nas redes de grandes e pequenos operadores é mandatório o desenvolvimento de aplicações para dar suporte ao ciclo de vida completo da rede - desde o planejamento da viabilidade do projeto até o gerenciamento centralizado e automatizado dos elementos de rede.

Para Otavio Burgardt, diretor de inovação da Finep, “os projetos apoiados têm potencial de impulsionar o fornecimento de tecnologias nacionais para as redes 5G, garantindo comunicações mais seguras e de qualidade à população nacional; e ainda contribuem para a geração de empregos qualificados; para consolidar a empresa como exportadora de tecnologias nacionais para mercados internacionais como Europa e Estados Unidos; além de apoiar o intercâmbio de conhecimentos entre o segmento acadêmico e o empresarial, vide a participação de diversos ICTs nos projetos”. O diretor destaca que os contratos foram firmados em pouco mais de 70 dias a partir do recebimento das propostas, o que tem sido uma diretriz interna para garantir um apoio mais qualificado às empresas inovadoras.

Roberto Nakamura, diretor de Tecnologia da Padtec, destaca que a parceria de longa data com a Finep vai ao encontro do compromisso da empresa de investir constantemente na evolução de seu portfólio de produtos, fornecendo ao mercado soluções inovadoras e no estado-da-arte da tecnologia em sistemas de comunicação óptica. “Com essa parceria com a Finep – uma das mais importantes instituições de fomento à tecnologia e inovação no Brasil –, nosso objetivo é continuar a fomentar o desenvolvimento tecnológico nacional e a contribuir para o crescimento de um ecossistema na área de sistemas ópticos, reforçando a nossa posição de líder tecnológico nesse segmento”.

Já Pedro Lucas Araújo, Diretor de Investimento e Inovação do Ministério das Comunicações, e presidente do Funttel, diz que “as operações de crédito firmadas pela Finep com a PadTec refletem o importante papel desempenhado pelo Funttel no fomento à competitividade da indústria brasileira. Por meio de um programa da Finep, os recursos do Funttel estão sendo investidos no adensamento tecnológico da indústria brasileira e no desenvolvimento de novos produtos e soluções. Além disso, o projeto aprovado por meio do Programa Finep 5G mostram que tanto o Fundo quanto a Finep estão alinhados às necessidades do mercado brasileiro de telecomunicações, que será transformado pela implantação das redes 5G.”

 

Sobre a Padtec (www.padtec.com.br)

A Padtec é uma fornecedora global de soluções de última geração para transmissão óptica, flexíveis e de alta capacidade, baseadas na tecnologia DWDM. Referência em sistemas para transporte óptico, a empresa oferece um extenso portfólio de produtos para acesso corporativo, DCI, redes metropolitanas e redes multi-terabit de longa distância, que atende às demandas fim a fim – em transmissão, amplificação óptica e proteção de rotas – de grandes operadoras, integradores, carrier of carriers, utilities e provedores de serviços. A unidade de serviços da Padtec, hoje com mais de 40 pontos de presença na América Latina, atua na implantação, operação e manutenção de sistemas e no gerenciamento de redes ópticas. Resultado de uma forte vocação para pesquisa e desenvolvimento, a tecnologia pioneira da Padtec percorre grandes distâncias e desafia limites para conectar o mundo de forma inteligente.