Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Brasil é convidado pelo Japão para concorrer ao Prêmio Honda 2022
fechar
Compartilhar

images

 

O Governo Brasileiro, através do Ministério das Relações Exteriores, foi convidado pelo Japão e pela Fundação Honda para a promoção de brasileiros para se candidatarem a receber o Prêmio Honda. Criada em 1980, a premiação reconhece avanços científicos que tenham impacto positivo no desenvolvimento da civilização, desde que voltados para a "ecotecnologia", nas perspectivas de mudança paradigmática, sustentabilidade, inovação e aplicação para o bem-estar social. A indicação de um candidato para a premiação é uma chance para o Brasil fortalecer sua imagem de país inovador e sustentável, assim como uma oportunidade de reconhecimento para indivíduos ou grupos brasileiros que busquem melhorar a vida das pessoas em todo o mundo, resolvendo problemas e tornando processos mais eficazes. Aqueles que desejam se candidatar devem ler o guia e enviar o formulário de inscrição para o correio eletrônico dptec.i@itamaraty.gov.br até o dia 1/3/22. Informações adicionais sobre o processo seletivo poderão ser obtidas na página eletrônica da Honda ou pelo e-mail h_info@hondafoundation.jp .

A Fundação Honda, idealizadora e provedora do Prêmio, age desde 1977 em busca de uma civilização "verdadeiramente humana", através do uso da ecotecnologia e da realização de atividades como a própria premiação, simpósios internacionais e a implementação de prêmios para alunos da Ásia no campo da ciência e tecnologia. Assim, desde a criação do Prêmio Honda, a Fundação já condecorou 41 indivíduos ou grupos, incluindo o famoso cientista Carl Sagan em 1985, por sua nova percepção cósmica da civilização, e o último premiado, o francês Dr. Alim Louis Benabid, que no ano passado se destacou por sua pesquisa pioneira acerca do tratamento da Doença de Parkinson.

Como Benabid, aquele que for selecionado pelo prêmio receberá um diploma e uma medalha, assim como uma gratificação de 10 milhões de yens - algo em torno de R$ 445.189,00 reais. A seleção, realizada por uma série de deliberações por parte de um comitê interdisciplinar de pesquisa, analisará projetos de todo o mundo nas áreas de mecânica, eletrônica, engenharia espacial, química, física, biociência, agricultura, economia ou medicina. O vencedor será anunciado em setembro.