Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Finep Startup investe em plataforma que conecta diretamente agricultores familiares a compradores de alimentos
fechar
Compartilhar

 agric falmiliar

 

Cerca de 70% dos alimentos produzidos no Brasil são cultivados por 5,1 milhões de pequenos agricultores. Muitas vezes, a logística de distribuição é um problema, com muitos intermediários até se chegar aos consumidores. Para facilitar essa e outras questões foi criada a Sumá, uma solução tecnológica que possibilita a desintermediação do processo.

Nesse sentido, a proposta de valor da Sumá - nome da Deusa tupi-guarani da agricultura - se concentra no encurtamento da cadeia entre o agricultor e o comprador, ao conectá-los diretamente por meio de uma plataforma web e mobile.

A Sumá atua na capacitação do agricultor familiar, alinhando-o às exigências dos compradores regulares de alimentos (hotéis, restaurantes e cozinhas industriais, entre outros). Além disso, contribui com informações reais do campo para que o comprador elabore seus cardápios de acordo com a produção local e a sazonalidade dos produtos. É, portanto, um sistema de qualificação da agricultura familiar para acesso a mercados com curadoria para os compradores. Assista a um vídeo com detalhes sobre a plataforma.

Impacto Social

“A empresa é caracterizada como um negócio de impacto, ou seja, um empreendimento que tem a missão explícita de gerar impacto social ao mesmo tempo em que gera resultado financeiro positivo”, explica Alexandre Leripio, Engenheiro Agrônomo, o sócio diretor da empresa. Em 2018, a Sumá foi vencedora da etapa latino-americana do MIT Inclusive Innovation Challenge, iniciativa do Instituto de Tecnologia de Massachusetts para premiar negócios que utilizam a tecnologia para melhorar oportunidades de trabalho.

Para utilização da plataforma, agricultores familiares e cooperativas pagam uma assinatura mensal de R$ 49,90, apenas após terem alcançado um ticket de vendas de R$ 2 mil por mês pelo aplicativo. Os compradores privados, a cada compra efetuada, são cobrados 15% de taxa de serviço do Sumá.

Inteligência Artificial

Hoje, a plataforma, baseada em Santa Catarina, conta com mais de 2 mil agricultores familiares e 200 compradores cadastrados. Segundo o gerente Departamento de Empreendedorismo e Investimento em Startups da Finep, Felipe Gelelete, “com apoio do programa Finep Startup, a empresa irá investir no aperfeiçoamento de inteligência artificial, com uso de chatbots, e de agrodata analytics”. Trata-se da coleta e análise de dados de comercializações efetuadas por região, além da verificação dos padrões de produção para a construção de um mapa da disponibilidade de produtos, sazonalidade, preços e variáveis que influenciam no mercado da produção familiar territorial.

Com a utilização dessa tecnologia, a empresa poderá, com mais precisão, apontar preços médios praticados pelo sistema convencional - uma das referências para formação de preço da Sumá -, bem como permitir a previsibilidade de demanda para alinhamento da produção de alimentos em um determinado território. Esses dados permitem ao agricultor, por exemplo, comprovar receitas passadas e eventualmente futuras, contribuindo para requerer financiamentos de forma mais facilitada.

Finep Startup

A segunda rodada do edital de 2018 do programa Finep Startup foi lançada em Janeiro de 2019, com limite de recursos totais de R$ 30 milhões para 30 Startups. O período para envio de propostas encerrará até o dia 28 de fevereiro. Veja mais detalhes.

 

 

Sede:
Av. República do Chile, 330, Torre Oeste - Centro
10º, 11º, 12º, 15º, 16º e 17º andares
CEP: 20031-170 - Rio de Janeiro - RJ.

 

Unidade Flamengo:
Praia do Flamengo 200, 3º andar
CEP: 22210-065  - Rio de Janeiro - RJ.


Telefone (21) 2555-0330

 

Outros endereços e telefones da Finep.