Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Finep detalha novas iniciativas durante Fórum de Investimentos Brasil
fechar
Compartilhar

 BrazilInvestmentForum

Diretor Ronaldo Camargo reforça importância de acordo com o BID (Foto: Divulgação/BID)


Em meio à crise econômica do País, a Finep precisou passar, nos últimos anos, por um momento de “reinvenção”. A financiadora expandiu sua atuação a mais regiões do Brasil e reforçou suas atividades descentralizadas, além de avançar em financiamentos a outros nichos, como o setor de startups. As iniciativas recentes da empresa foram detalhadas pelo seu diretor Financeiro, de Crédito e Captação, Ronaldo Camargo. Ele participou, nesta terça-feira, 29/5, do debate “Uma presunção do futuro: como o Brasil pode tirar proveito das mudanças disruptivas que moldarão a indústria nas próximas décadas”, organizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no Fórum de Investimentos Brasil 2018, em São Paulo.

De acordo com Camargo, a Finep é uma instituição única no mundo e seu grande diferencial é operar em duas frentes: como “banco”, emprestando recursos para empresas desenvolverem projetos de ciência, tecnologia e inovação, e como secretaria-executiva do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), financiando infraestrutura de pesquisa no País. “Hoje, enfrentamos uma demanda retraída por parte das empresas, mas, mesmo assim, nossa carteira totaliza de R$ 20 bilhões emprestados”, afirmou o diretor.

Ainda segundo Ronaldo Camargo, a Finep encontra-se em etapa final de negociação com o BID para captação de recursos da ordem de 600 milhões de dólares (R$ 2,2 bilhões). Parte do montante será disponibilizada em linha de crédito destinada a projetos de desenvolvimento industrial. O acordo deve ser assinado ainda no primeiro semestre desse ano. “Nossa meta para contratação em 2018 é de R$ 3,5 bilhões”, completou Camargo, lembrando que a Finep, para fazer frente à realidade econômica, passou a adotar novas políticas de fomento e disponibilizar taxas de juros mais atraentes, bônus de financiamento mais acessíveis, além de novos modelos de garantia, como seguro-garantia, como forma de facilitar o acesso a suas linhas de crédito.

Otimismo

Moderador da sessão, o presidente do BID, Luís Alberto Moreno, se mostrou otimista com as perspectivas de desenvolvimento econômico do País. “O Brasil tem o maior ecossistema de inovação da América Latina e um dos maiores do mundo”, disse. Esse foi, de maneira geral, o tom dos outros palestrantes: André Ferraz, CEO da In Loco Media; Marcus Figueiredo, CEO da Hi Technologies; Matheus Moraes, presidente da 99; e Marcia Ogawa Matsubayashi, líder de Serviços Financeiro da Deloitte do Brasil.

O otimismo também permeou a fala do presidente da República, Michel Temer, ao abrir o primeiro dia do evento, que termina nesta quarta-feira, 30/5. Ele destacou o papel das empresas privadas no desenvolvimento econômico do País: “O setor privado desempenha papel central como gerador de riquezas e oportunidade”.

 

Sede:
Av. República do Chile, 330, Torre Oeste - Centro
10º, 11º, 12º, 15º, 16º e 17º andares
CEP: 20031-170 - Rio de Janeiro - RJ.

 

Unidade Flamengo:
Praia do Flamengo 200, 3º andar
CEP: 22210-065  - Rio de Janeiro - RJ.


Telefone (21) 2555-0330

 

Outros endereços e telefones da Finep.