Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Startups encerram Fase 3 do Programa de Capacitação e terão direito a Prêmio de R$100 mil
fechar
Compartilhar

 Espaco Finep site

A Finep – Inovação e Pesquisa, empresa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) concluiu, no último dia 12 de fevereiro, a terceira e última etapa do Programa de Aceleração Espaço Finep, que contou com a participação de nove startups e teve duração de cerca de cinco meses. Todas as empresas concluíram as três fases da aceleração com as atividades previstas realizadas a contento, e terão direito agora ao Prêmio Espaço Finep, no valor de R$ 100 mil cada.

A Fase 3 - Inteligência de Mercado – possibilitou a identificação de potenciais demandas, ofertas, parcerias tecnológicas, parcerias comerciais e clientes para as startups, a partir de conhecimentos técnicos e de mercado da Finep/MCTI, assim como de sua rede de relacionamentos. Com início em 11 de janeiro, essa etapa incluiu palestras ministradas por profissionais do mercado e reuniões com potenciais parceiros e clientes do ecossistema da Finep/MCTI. Em pesquisa de satisfação realizada com os participantes, 77,85% dos entrevistados concordaram que a palestra foi útil para seus negócios, e 17,01% concordaram parcialmente, perfazendo 94,86% de avaliações positivas.

“A Fase 3 trouxe pluralidade de experiências e setores e a transparência na apresentação de resultados e lições aprendidas esclareceu muito sobre as diferentes possibilidades, além de importantes diretrizes para o melhor direcionamento de projetos e desenvolvimentos junto a esses players”, afirmou Gabriel Borges, CEO da ConnectData, empresa de IoT voltada para a supply-chain industrial.

"Após a Favo Tecnologia triplicar o número de vendas durante as fases 1 e 2 do Programa, superando a marca de 1300 clientes, tivemos a oportunidade espetacular de, na terceira fase, validar nosso novo produto e o modelo de negócios voltado para médios e grandes produtores”, disse Marcelo Pinhel, diretor-executivo da empresa, que desenvolveu um sistema completo de automação de cultivo para hortas urbanas.

Segundo o superintendente da Área de Empreendedorismo e Investimento da Finep/MCTI, Maurício Marques, “a Fase 3 se mostrou indispensável para um programa desta natureza. De um lado, temos a complexidade do processo inovativo e competitividade globalizada, que tem incentivado as grandes empresas a buscarem, para além dos limites da instituição, conhecimentos, ideias, soluções para problemas internos e oportunidades de negócio. De outro, estão as startups, com suas estruturas ainda em formação, necessitando acessar recursos, processos e canais de comercialização já muitas vezes consolidados pelas grandes empresas”, afirmou Marques.

Dentro deste contexto, a Finep/MCTI se apresenta como uma instituição com as competências e as capacidades - através dos seus relacionamentos com diversos atores no extenso ecossistema de inovação - para viabilizar essa colaboração, que hoje encontra na inovação aberta o meio para a realização da gestão dessas relações. Nesse sentido, o Programa estimula a formação de network e parcerias comerciais e a capacitação e estruturação interna das atividades de marketing pelas startups, estimulando uma postura mais agressiva em termos de posicionamento e vendas.

Nas duas primeiras fases do Programa, que começou no dia 21 de setembro de 2020, foram discutidas proposta de valor e modelo de negócios, e realizada uma capacitação em marketing e vendas. A programação incluiu palestras, discussões setoriais, contatos com agentes do ecossistema de inovação, mentorias individuais e capacitação comercial especializada.

Espaco Finep

O Programa de Aceleração Espaço Finep foi criado para agregar conhecimento e articulação, com foco em marketing e vendas a startups, auxiliando-as na revisão e/ou adequação de sua proposta de valor e de seu modelo de negócios. Também auxilia na identificação de oportunidades de mercado com fornecedores, parceiros e clientes, alinhadas a um processo de capacitação com o objetivo de construir uma estratégia de comercialização de seus produtos e serviços. Nesse sentido, toda a aceleração foi planejada e construída com o objetivo de estimular uma maior inserção no mercado das inovações desenvolvidas pelas empresas.