Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Bolsonaro inaugura primeira linha de luz síncrotron do Sirius, infraestrutura de pesquisa bilionária financiada pela Finep/MCTI
fechar
Compartilhar

 bolsonaronosirius

Na quarta-feira (21/10), ocorreu a cerimônia de abertura da primeira linha de luz síncrotron do Sírius, no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas (SP). O evento teve presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, astronauta Marcos Pontes, do presidente da Finep, General Waldemar Barroso, do diretor de Desenvolvimento Científico-Tecnológico da Finep, Marcelo Bortolini, dentre outras autoridades.

Confira vídeo da visita feita pelo diretor Bortolini à equipe de pesquisa.

Orçado em R$ 1,8 bi, com amplo financiamento da Finep/MCTI, o Sirius é a mais complexa infraestrutura de pesquisa já construída no país. Esta máquina gigantesca funciona como um grande microscópio que – ao revelar a estrutura molecular, atômica e eletrônica dos mais diversos materiais – permite pesquisas em praticamente qualquer área do conhecimento, com potencial de resolver grandes problemas da atualidade.

O espaço, que lembra um grande estádio de futebol, é composto por um conjunto de aceleradores de elétrons, por estações experimentais, chamadas de linhas de luz, e por um prédio que abriga todo esse complexo.