Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Com serviço de mentoria personalizado, startup inova no mercado de soluções para empreendedores
fechar
Compartilhar

 boomit

Uma boa orientação pode ser a cereja do bolo para o crescimento – e até a sobrevivência - de uma empresa. Pensando nisso, a Boomit desenvolveu uma plataforma de mentorias online com o objetivo de auxiliar empreendedores a enfrentarem desafios de forma mais eficaz do que se estivessem sozinhos. A startup também idealizou um serviço inovador para ajudar empresas em situação de vulnerabilidade social, se destacando no cenário de crise devido a pandemia do novo coronavírus. Essa é mais uma das 21 empresas selecionadas para a fase de aceleração do Programa Mulheres Inovadoras, da Finep.

A partir de um acompanhamento constante e de forma personalizada, a startup oferece planos de mentoria para diferentes perfis de empresa. Sua metodologia inovadora se inicia no recrutamento de dois tipos de mentores: os chamados de performance e os especialistas. Os primeiros são responsáveis por oferecer uma visão ampla de negócio, trabalhando um eixo estratégico. Já os segundos, são focados na área específica da empresa contratante, oferecendo um suporte mais preciso. O papel da Boomit é conectar os empreendedores a mentores qualificados com experiência prática de mercado. Tal característica é fundamental para ajudar o empreendedor de forma mais efetiva.

Com a missão de tornar o serviço de mentoria cada vez mais acessível no Brasil, a empresa está desenvolvendo uma nova vertente para a plataforma, direcionada a empreendedores em situação de vulnerabilidade social. Serão ofertados cursos, buscado estabelecer uma base de conhecimento sobre o mundo dos negócios, combinados com um plantão de dúvidas online via chatbot e mentorias em grupo. O objetivo da empresa é estimular uma consciência comunitária e a trocas de experiências.

A solução para esse perfil empreendedor surgiu a partir dos efeitos da crise instaurada com a pandemia da Covid-19. Segundo a empresa, seu método adaptável de atendimento customizado utilizando tecnologia foi um dos principais fatores responsáveis pelo o crescimento nesse período. “Nós crescemos, até agora, na pandemia, 104%. Eu acredito que seja, principalmente, por essa capacidade da Boomit de se adaptar à necessidade do empreendedor, diferente de um curso ou programa estáticos”, relatou a CEO da startup, Carolina Augusta.

Há quatro anos no mercado, a empresa enxerga a participação no Mulheres Inovadoras como um reconhecimento positivo. Além disso, destaca a relevância do programa para o empreendedorismo no país: “É importante termos iniciativas como essa da Finep, que valorizem as mulheres empreendedoras, o ambiente de negócios no Brasil ainda é muito masculino”.

Mulheres Inovadoras

O programa busca estimular startups lideradas por mulheres através da capacitação e do reconhecimento de empreendimentos inovadores e de base tecnológica. O objetivo do Mulheres Inovadoras é contribuir para alavancar a participação feminina no empreendedorismo e aumentar sua representatividade no cenário nacional, favorecendo o crescimento da competitividade brasileira.

A iniciativa nasceu a partir do Acordo de Cooperação Técnica firmado entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), a Finep e a Prefeitura do município de São Paulo; e conta com o apoio da RME – Rede Mulher Empreendedora, Adesampa e Founder Institute.