Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Finep lança 5ª Chamada do Inovar Semente e 11ª do Inovar Fundos
fechar
Compartilhar

A Finep acaba de lançar a 5ª Chamada para capitalização de fundos de capital semente e a 11ª do Inovar Fundos. Algumas mudanças ocorreram no Inovar Semente, cujos fundos, a partir de agora, terão patrimônio mínimo de R$ 30 milhões e patrimônio alvo de R$ 50 milhões. Voltado, fundamentalmente, para empresas nascentes, o programa também alterou os critérios de aporte: agora até 20% do capital será aplicado em empreendimentos com faturamento anual de até R$ 16 milhões.  Os outros 80%, no mínimo, serão investidos em empresas inovadoras com faturamento de até R$ 2,4 milhões ao ano.  A data-limite para envio de propostas nas duas chamadas é o dia 18 de junho.

As alterações no Inovar Semente visam à atração de investidores e gestores com diferentes experiências de mercado. "A possibilidade de investimento em empresas nascentes e também em algumas que já estejam consolidadas cria um equilíbrio na carteira dos fundos que atrai o investidor", explica Patrícia Freitas, superintendente da Área de Investimento da Finep. A composição do patrimônio também está com novo desenho: investidores privados participarão com no mínimo 30% (antes eram 20%) e a Finep entra com até 70% dos recursos (antes era até 40%).

A partir desta 5ª Chamada, a Financiadora pode, ainda, abrir mão do retorno que exceder o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) em até metade do seu capital comprometido no fundo semente. A vantagem desta medida é o estímulo à participação de investidores privados, além do aumento da atratividade do fundo no longo prazo.

Inovar Fundos
 
Já a 11a Chamada do Inovar Fundos, que vai selecionar gestores de fundos de venture capital e private equity (que aportam em empresas emergentes ou consolidadas), traz uma novidade: a escolha de gestores de "Fundos de fundos" para apresentação de propostas de capitalização a investidores.
 
"Fundo de fundos" é um veículo de investimento em fundos que funciona em regime de condomínio fechado, devendo aplicar parcela majoritária do seu patrimônio em fundos de investimento em participações. O edital marca, ainda, a entrada da Valia como o mais novo parceiro do Programa Inovar.

Segundo Patrícia Freitas, a idéia é continuar investindo no venture capital, ou capital empreendedor.  A executiva assinala que a participação dos fundos de venture capital e private equity tem contribuído de forma decisiva, nos últimos anos, para o crescimento de companhias brasileiras. "Elas desenvolvem sua governança corporativa, aumentando a competitividade", afirma.

A seleção
 
De acordo com as duas chamadas, estão aptas a pleitear investimentos empresas que exerçam ou pretendam exercer as funções de administrador e/ou gestor do fundo, com autorização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), para prestar serviços de Administração de Carteira de Valores Mobiliários.

Os resultados da pré-qualificação em ambos os processos serão divulgado a partir do dia 30 de junho. Cerca de duas semanas depois - entre os dias 12 e 16 de julho - os aprovados na primeira etapa deverão se submeter às avaliações das bancas do programa. Os pareceres finais saem até o dia 6 de agosto.

As propostas de capitalização devem ser enviadas para os seguintes e-mails: 5chamadainovarsemente@finep.gov.br (Inovar Semente) e 11chamadainovarfundos@finep.gov.br (Inovar Fundos). Elas devem apresentar o seguinte conteúdo: foco do fundo em relação ao perfil de empresas, investimento máximo e mínimo do fundo por setor e por empresa, prazo de duração do fundo e número de empresas a serem investidas.
 
Histórico do Programa
 
Foi em 2001 que a Finep lançou a primeira chamada do Inovar, aprovando duas propostas de fundos entre as 18 apresentadas. Desde então, realizaram-se 10 chamadas, nas quais 122 propostas foram recebidas e 82 aprovadas para due diligence (análise aprofundada, contemplando aspectos técnicos, legais e financeiros). Hoje, há 17 fundos de venture capital e private equity aprovados. Já o Inovar Semente teve a sua primeira chamada realizada em 2006.

Em quatro editais, 39 firmas gestoras se apresentaram, com 18 selecionadas para due diligence. Sete fundos foram aprovados. Com estas duas ações de investimento, a Finep totaliza participação em 24 fundos, dos quais 16 estão em operação, sete em fase de captação e um fundo completamente desinvestido, em 2008. Mais de 60 empresas inovadoras já receberam investimento. Já foi comprometido até agora um total de cerca de R$ 3 bilhões para investimento em empresas inovadoras pelo Programa como um todo.
 
Além da Valia, recentemente, também se tornaram parceiros do Inovar a Fundação CESP, a FIBRA, fundo de pensão patrocinado pela Itaipu Binacional, a Corporação Andina de Fomento (CAF), o Banco Nacional do Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).
 
Além dos já citados, também são investidores o BID/FUMIN, a Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros (B&FBovespa), a Fundação Eletrobras de Seguridade Social (ELETROBRAS), a Fundação Chesf de Assistência e Seguridade Social (FACHESF), a Fundação de Assistência e Previdência Social do BNDES (FAPES), a Fundação dos Economiários Federais (FUNCEF), a PETROS e a Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (PREVI).

 

Sede:
Av. República do Chile, 330, Torre Oeste - Centro
10º, 11º, 12º, 15º, 16º e 17º andares
CEP: 20031-170 - Rio de Janeiro - RJ.

 

Unidade Flamengo:
Praia do Flamengo 200, 3º andar
CEP: 22210-065  - Rio de Janeiro - RJ.


Telefone (21) 2555-0330

 

Outros endereços e telefones da Finep.